AULA 1 OS 5 MINISTÉRIOS DE EFÉSIOS 4.11/ MESTRES

12-02-2011 00:33

 

                      A CHAMADA PARA OS 5 MINISTÉRIOS

 

NOME:                                                                                        DATA: ____/____/____

 

LEITURA: EFÉSIOS 4.11-14 E 1 CORÍNTIOS 12.28.

O MINISTÉRIO DO MESTRE

Mestre: é aquele que ensina. Quem é mestre é um conhecedor, perito daquilo que ensina. Ensina a palavra com aprofundado conhecimento, e se o mestre quiser ter maestria em seus ensinos, deve ter a pratica da palavra, para, assim, liberar a vida que flui da força pratica da palavra (Hebreus 5:12; 1 Timóteo 1:7).


É um ministério dotado pelo Espírito Santo para levar a Igreja a "água
profunda” E revelar a graça de Deus, os mistérios escondidos na escritura.
Aqui estão algumas coisas inerentes, a sua unção e chamado.                   
                                                                                                                                                                                                                      1 - Trazer a unção da revelação da Palavra.
2 - Trazer Luz para o texto sagrado.
3 - ministrar no espírito do conhecimento divino
4 - Mover no espírito da inteligência divina.
5 - Operar nos dons de revelação do Espírito.
6 - É preciso muita maturidade para a Igreja.
7 - Traga o crescimento.
8 - Ministre a vida que é a palavra.
9 - Ministro de alegria.

11-Fortaleça os princípios bíblicos.
12-ministre a preparação para o ministério.
13-reprovar e produzir convicção para o arrependimento.
14-Traga correção.
15-Traga compreensão do propósito.
16-Traga a confirmação das verdades proféticas.
17-Ensinar os sinais e saber o tempo de Deus.
18-Amplie sua visão.
19-Traga o Edifício Principal.
20-Da força para o crente.
21-Traga o equilíbrio espiritual profético.
22 ensine a doutrina e os fundamentos.
23-produz a liberdade religiosa.
24-ministre e aumente o discernimento da Palavra.
25-Protege contra a falsidade e erro.
Em um ministério cuja unção produz fome da Palavra.

O MESTRE

EFÉSIOS 4.11

11 E ele mesmo concedeu uns para apóstolos, outros para profetas, outros para

Evangelistas, e outros para pastores e mestres.

 

1 CORÍNTIOS 12.28,29                                                                                                                                                                          28. A uns estabeleceu Deus na igreja, primeiramente apóstolos, em segundo lugar profetas, em terceiro lugar mestres, depois operadores de milagres, depois dons de curar, socorros, governos, variedades de línguas;

29. Porventura são todos apóstolos? ou todos profetas? são todos mestres? ou

Operadores de milagres?

                                                                                                                                                                                                            ROMANOS 12.4-8

4. Porque, assim como num só corpo temos muitos membros, mas nem todos os

Membros têm a mesma função;

5. Assim também nós, conquanto muitos, somos um só corpo em Cristo e

Membros uns dos outros,

6. Tendo, porém, diferentes dons segundo a graça que nos foi dada: se profecia,

Seja segundo a proporção da fé,

7. Se ministério, dediquemo-nos ao ministério; ou o que ensina, esmere-se no

Fazê-lo;

8. Ou o que exorta, faça-o com dedicação; o que contribui, com liberalidade; o

Que preside, com diligência; quem exerce misericórdia com alegria.

                                                                                                                                                                                                                   A. Os mestres e o ensino de Palavra abrangem um lugar bem definido e importante

no Novo Testamento.

B. O mestre é o único que é mencionado nominalmente nos três trechos do Ministério.                                                              C. Uma pessoa pode permanecer no ofício de pastor e mestre, ou profeta e mestre, ou evangelista e mestre, e assim por diante. Em outras palavras, pode se ocupar mais de um ofício.                                                                                                   Separamos os ofícios para defini-los.

1. Ato 13.1 enumera cinco homens que eram ou profetas ou mestres, ou profetas e Mestres.                        

 

ATOS 13.1

Havia na igreja de Antioquia profetas e mestres:

Barnabé, Simeão por sobrenome Niger, Lúcio de Cirene, Manaém, colaço de

Herodes o tetrarca, e Saulo.

Barnabé era um mestre (Atos 11.22-26)
Paulo era um profeta e um mestre (Gl 1.12; Ef 3.3; 1 Tm 2.7).
Ambos tornaram-se apóstolos (At 14.14).

Nenhum ministério de ensino no poder do Espírito é seco! Ele comunicará  rios de

Água viva.

Paulo descreveu o ministério de ensino como aquele que rega.

1CORÍNTIOS 3.6-9

6 Eu plantei, APOLO REGOU; mas o crescimento veio de Deus.

7 De modo que nem o que planta é alguma coisa, NEM O QUE REGA, mas

Deus que dá o crescimento.

8 Ora, o que planta e O QUE REGA são um; e cada um receberá o seu

galardão, segundo o seu próprio trabalho.

9 Porque de Deus somos cooperadores; lavoura de Deus, edifício de Deus sois

vós.

 

REFLEXÃO

 Um ministro do Evangelho estava ministrando em uma área dos Estados Unidos famosa pelas estufas de plantas e viveiros. Um cavalheiro idoso da igreja convidou o ministro visitante para ver a estufa onde cultivava as plantas. O ministro ficou surpreendido com o que viu. Ele disse: "Nunca vi um crescimento tão exuberante."                                                           Dois anos mais tarde o ministro voltou à área. Pediu para ser levado à estufa novamente. "No momento em que entrei," ele disse, "pude ver que alguma coisa estava errada." Ainda era a mesma estufa. Tinha os mesmos tipos de plantas. Mas elas não eram tão exuberantes. Havia uma diferença notável.                                                                                                               "Não é como era há dois anos. O que aconteceu?" ele perguntou aos criados. Eles sabiam o que estava errado, e responderam: "O cavalheiro idoso que cuidava das plantas e as regava corretamente morreu. Agora temos outra pessoa fazendo isso."                                             

Muitas obras de Deus foram arruinadas porque o processo de irrigação não estava lá para encorajar as pessoas a permanecerem na graça de Deus e para tornarem-se um belo jardim no Senhor.                                                                Quando o processo de irrigação — isto é, o ensino da Palavra de Deus — é por  meio de um dom do ministério chamado e equipado para ensinar, ele refrigerará e reavivará as pessoas, da mesma forma que uma planta fica fresca e refrigerada quando é regada.                                                                                                                                                                                    Se o ensino não renova, refrigera e reaviva, então não é feito no poder do Espírito.

Apolo era um mestre. A Bíblia diz que "ele os auxiliou muito".

ATOS 18.27                                                                                                                                                                                             27 Querendo ele percorrer a Acaia, animaram-no os irmãos, e escreveram aos discípulos para o receberem. Tendo chegado, auxiliou muito aqueles QUE mediante a graça haviam crido;

Estas pessoas já tinham crido na Palavra pela graça — já eram salvas.

Colocando o seu dom de ensino em operação, Apoio as auxiliou muito.                                                                                    Divisões podem ser causadas pela incredulidade e dureza de coração, mesmo

Quando o ensino é no poder do Espírito baseado na Palavra de Deus.

No ministério de Jesus isso aconteceu. Não aceitaram seu ensino. Numa ocasião a

Bíblia diz: A vista disso, muitos dos seus discípulos o abandonaram e já não andavam com ele (João 6.66).

Um verdadeiro mestre do evangelho da paz nunca irá ensinar o erro doutrinario que

Irá dividir o Corpo de Cristo. Ele não irá causar divisão devido ao que ensina.

Contudo, não podemos abrir mão dos princípios elementares da doutrina de Cristo.

Em Hebreus 6.1,2 temos os princípios elementares da doutrina de Cristo. Essas

Coisas são fundamentais e não podem ser comprometidas.

Arrependimento de obras mortas

Fé em Deus

Ensino de batismos
Imposição de mãos
Ressurreição dos mortos

Juízo eterno

Outras coisas não são fundamentais e você não quer causar divisão.

Use de sabedoria

Não tente converter todos os cristãos à mensagem da fé pela sua força. Alguns nunca a aceitarão. Ame-os de qualquer maneira, porque o Senhor os ama e não esquecerá deles.

O trabalho de um mestre é edificar, não despedaçar.

Cristo deu os mestres para a edificação (construção) do corpo de Cristo (Ef  4.11,12).

Edificar significa construir. Ele não deu os mestres para dividir o corpo.

Se você vê algo que está causando divisão — mesmo que seja verdade — deve

Abrir mão daquilo.

Paulo disse à igreja de Corinto e aos cristãos hebreus, com efeito: Há algumas

Coisas que eu gostaria de dizer-lhes, mas vocês não poderiam suportar, deforma que não

Direi a vocês (1 Co 3.1,2; Hb 5.11-14)

Ele ainda os amava; Eles eram nenês. Eles precisavam crescer.

Os mestres devem sempre estar abertos e prontos para receber novas revelações da verdade da Palavra de Deus.
A revelação marca o ministério de mestre.
Seja dócil. Eu não ouviria um mestre que não quer ser ensinado.
Mantenha seu coração e mente humildes.
Mantenha uma mente aberta e esteja sempre pronto para aprender.
Não seja um "sabe tudo".

Ainda estou aprendendo, assim como você também está aprendendo. Não seria

Terrível se tudo o que soubéssemos fosse só o que sabemos hoje?

Quanto mais você aprende, mais você vê que sabe pouco.

Um grande e sábio homem de Deus, W. I. Evans, costumava dizer: "Sabemos

Muito pouco. Quanto mais aprendemos, mais vemos que pouco sabemos."

 

Definição para a palavra  mestre no dicionário

mestre (mes-tre)

Professor de grande saber e nomeada.

P. ext. O que é perito ou versado em qualquer ciência ou arte.

Oficial graduado de qualquer profissão: mestre pedreiro, mestre carpinteiro.                                                                          Comandante de pequena embarcação.                                                                                                                                                O que tem o terceiro grau na maçonaria.

Fig. Tudo aquilo que serve de ensino ou de que se pode tirar alguma lição: o tempo é um grande mestre.                                                                                                                                                                                                  Chefe ou iniciador de um movimento cultural.                                                                                                                                   Adj. Principal, fundamental: plano mestre.

 Apóstolo Beto.